Vento forte derruba muro e mata trabalhador em Poços de Caldas Um serralheiro morreu atingido por um muro enquanto trabalhava em um frigorífico de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que um forte vendaval derrubou a parede ...
 Trabalhador morre esmagado por muro em Poços de Caldas Um serralheiro morreu esmagado por um muro enquanto trabalhava em um frigorífico de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que um forte vendaval teria derrubado a ...
Paixão que se mede também pelos Prova disso é o Blue Cloud, o encontro anual monomarca que já em sua 12ª edição, aconteceu em Poços de Caldas- MG, no último final de semana, 27 a 31 de agosto. Foram cerca de 100 exemplares em exposição nas imediações do famoso Palace Hotel.

Consiga um emprego AGORA MESMO em POCOS DE CALDAS MG:

Empregos Manager Online
Mês do Empreendedor em Poços de Caldas reúne palestras e workshops Durante todo o mês de setembro, os empreendedores terão uma programação especial em Poços de Caldas (MG). O 1º Mês do Empreendedor é uma iniciativa do Sindicomércio e reúne palestras, workshops e clínicas tecnológicas para os participantes ...

Poços de Caldas vira a cidade do DKW Termina neste domingo (31), em Poços de Caldas (MG), a 12ª edição do Blue Cloud - nuvem azul, em alusão à fumaça produzida pelos motores de dois tempos -, evento que reúne cerca de 120 modelos da DKW. Além dos vários sedã Belcar e peruas ...
Poços de Caldas continua sendo a mais populosa da região, diz IBGE ... dos municípios brasileiros em 2014 mostra que a população do Sul de Minas aumentou e foi para 2.775.507 habitantes. A cidade que continua mais populosa é Poços de Caldas (MG), que neste ano aparece com 162.379 moradores. Em 2013, a cidade ...

Tempo e Temperatura:

Paixão que se mede também pelos Prova disso é o Blue Cloud, o encontro anual monomarca que já em sua 12ª edição, aconteceu em Poços de Caldas- MG, no último final de semana, 27 a 31 de agosto. Foram cerca de 100 exemplares em exposição nas imediações do famoso Palace Hotel.
Mês do Empreendedor em Poços de Caldas reúne palestras e workshops Durante todo o mês de setembro, os empreendedores terão uma programação especial em Poços de Caldas (MG). O 1º Mês do Empreendedor é uma iniciativa do Sindicomércio e reúne palestras, workshops e clínicas tecnológicas para os participantes ...
Bombeiros combatem incêndios em matas de duas cidades do Sul de MG Em Poços de Caldas (MG), um incêndio destruiu uma área particular que pertence à Alcoa na tarde desta segunda-feira. A fumaça podia ser vista da BR-146, que liga Poços de Caldas a Andradas. A área é de pastagem e espécies da mata nativa.
GP de rolimã reúne amantes da velocidade em Poços de Caldas A Serra do Cristo em Poços de Caldas ficou cheia de emoção com a 8ª Edição do "GP de Rolimã", que aconteceu neste domingo. Dezenas de competidores apaixonados por velocidade e adrenalina se reuniram para a descida de 2,6 mil metros do morro.
Vento forte derruba muro e mata trabalhador em Poços de Caldas Um serralheiro morreu atingido por um muro enquanto trabalhava em um frigorífico de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que um forte vendaval derrubou a parede ...
Operário morre após muro cair devido a um vendaval em Poços de Caldas Um operário de 33 anos morreu, na manhã desta segunda-feira (1º), após um muro cair sobre ele em Poços de Caldas, na região Sul de Minas Gerais. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um muro de cimento de aproximadamente três metros de altura caiu ...
Trabalhador morre esmagado por muro em Poços de Caldas Um serralheiro morreu esmagado por um muro enquanto trabalhava em um frigorífico de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que um forte vendaval teria derrubado a ...
Paixão que se mede também pelos Prova disso é o Blue Cloud, o encontro anual monomarca que já em sua 12ª edição, aconteceu em Poços de Caldas- MG, no último final de semana, 27 a 31 de agosto. Foram cerca de 100 exemplares em exposição nas imediações do famoso Palace Hotel.
300x250 Projeto desperta honestidade com venda de biscoitos em Poços, MG Imagine vender biscoitos apenas na base da confiança. Esta é a aposta de um projeto em Poços de Caldas (MG) que testa a honestidade das pessoas. Um display com pacotes de biscoito é colocado em locais como os corredores de um shopping, hospitais e ... 
MG: governo paga shows de marqueteiro tucano Gestores de hospitais de Salvador e municípios baianos se reúnem nesta terça-feira (2) com a candidata ao Governo do Estado,... Avião pega fogo ao cair em Curitiba: assista ao vídeo. O Portal G1, da Globo, divulgou nesta segunda-feira (1º) vídeo de ...
Padre é flagrado pelo 'Olho Vivo' em ato obsceno com mendigo em MG Um padre de 38 anos foi detido após ser flagrado pelo sistema de monitoramento 'Olho Vivo', da Polícia Militar, praticando atos obscenos com um morador de rua, no Centro de Montes Claros (MG), na madrugada desta segunda-feira (1º). Duas câmeras ...
Fora de casa, jogadores do Atlético-MG consideram empate bom Atlético-MG e Coritiba fizeram um jogo fraco tecnicamente, mas os jogadores do Galo deixaram o gramado do Couto Pereira mais satisfeitos por terem empatado fora de casa em um dia que faltou futebol. O destaque do jogo foi o goleiro Victor que fez grandes ...
300x250 Museu reúne objetos pré-históricos indígenas encontrados em MG Público confere pinturas rupestres expostas no Museu Arqueológico do Carste do Alto São Francisco (Foto: MAC/Divulgaç&atild e;o) Um museu arqueológico localizado em Pains, no Centro-Oeste mineiro, reúne objetos e materiais produzidos por sociedades ...
Coritiba 0 x 0 Atlético-MG: Times desperdiçam oportunidades e não mexem no placar no Couto Pereira Coxa apertou, criou chances e parou nas defesas de Victor. Galo jogou mal o primeiro tempo, melhorou na etapa complementar, mas também não conseguiu marcar Em um jogo bastante movimentado na tarde domingo, Coritiba e Atlético-MG não saíram do zero, no ...
Jogadores do América-MG festejam título da Taça BH de Futebol Júnior Os jogadores do América-MG comemoram muito o título da Taça BH de Futebol Júnior, conquistado sobre o Atlético-MG, após uma vitória de 3 a 2, de virada, na noite de sábado, no estádio Independência (veja os gols da partida no vídeo ao lado).
América-MG vira sobre Atlético-MG e conquista o segundo título da Taça BH O América-MG é o dono do Independência. Pelo menos, na decisão da Taça BH de Futebol Júnior, o Coelho fez valer o melhor futebol e sacramentou a condição de proprietário e mandante no estádio. O placar de 3 a 2 (veja os gols no vídeo ao lado ...

CRIME POCOS DE CALDAS MG tspan:3m CRIME POCOS DE CALDAS MG
Selecionamos as principais notícias da cidade de CRIME POCOS DE CALDAS MG. Os acontecimentos políticos, acidentes de trânsito nas rodovias, fatos do centro, dos bairros e do interior. Pesquisamos também os jornais locais e as redes sociais, bem como o site da prefeitura.

O trabalho jornalístico consiste em captação e tratamento escrito, oral, visual ou gráfico, da informação em qualquer uma de suas formas e variedades. O trabalho é normalmente dividido em quatro etapas distintas, cada qual com suas funções e particularidades: pauta, apuração, redação e edição.A pauta é a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa de escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser considerados para a publicação final. A apuração é o processo de averiguar informação em estado bruto (dados, nomes, números etc.). A apuração é feita com documentos e pessoas que fornecem informações, chamadas de fontes. A interação de jornalistas com suas fontes envolve freqüentemente questões de confidencialidade.A redação é o tratamento das informações apuradas em forma de texto verbal. Pode resultar num texto para ser impresso (em jornais, revistas e sites) ou lido em voz alta (no rádio, na TV e no cinema). A edição é a finalização do material redigido em produto de comunicação, hierarquizando e coordenando o conteúdo de informações na forma final em que será apresentado. Muitas vezes, é a edição que confere sentido geral às informações coletadas nas etapas anteriores. No jornalismo impresso (jornais e revistas), a edição consiste em revisar e cortar textos de acordo com o espaço de impressão pré-definido. A diagramação é a disposição gráfica do conteúdo e faz parte da edição de impressos. No radiojornalismo, editar significa cortar e justapor trechos sonoros junto a textos de locução, o que no telejornalismo ganha o adicional da edição de imagens em movimento.

Tags: Últimas Notícias, CRIME POCOS DE CALDAS MG, Cidade, Interior, Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado, Domingo, Carro, Eleições, Crime, Estrada, Rodovia, Acesso, Greve, Eleições, Festa, Granizo, Chuva, Enchente,Aniversário, Prêmio, Mês, Fim de Semana, Hoje, Ontem, Anteontem, Hora, Pouco Tempo, Agora há Pouco, Mulher, Homem, Família, Criança, Portal,Pessoas, Como saber, Onde eu Acho, Site, Blog, Diário,Protesto,Inauguração, Cassação, Cassado, Show, Apresentação, Espetáculo, Fotos, Vídeos, Imagens, Previsão, Caminhão, Vítimas, Situação, Oposição, Eleições, Enquete, Votos, Apuração, Trânsito, Operação, PF, Delegacia, Praia, Localidade, Animais, Ver Fotos.



Últimos videos (não são uma publicação deste site). Denuncie vídeos impróprios através da ferramenta do Youtube.
300x250
Acidente em POCOS DE CALDAS MG
Crime em POCOS DE CALDAS MG
Policia em POCOS DE CALDAS MG
Festa em POCOS DE CALDAS MG
Eleições em POCOS DE CALDAS MG
Prefeito em POCOS DE CALDAS MG
Greve em POCOS DE CALDAS MG
Concurso em POCOS DE CALDAS MG
Homicídio em POCOS DE CALDAS MG
Assalto em POCOS DE CALDAS MG

300x250 300x250

“Se permanecermos no passo atual, caminhamos para nos colocar entre os três países do mundo que mais matam pessoas no trânsito”

A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de ações para a segurança no trânsito". O documento foi elaborado com base em estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

São 3 mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade, o segundo na faixa de 5 a 14 anos e o terceiro na faixa de 30 a 44 anos. Atualmente, esses acidentes já representam um custo de US$ 518 bilhões por ano, ou um percentual entre 1% e 3% do produto interno bruto de cada país.

Se nada for feito, a OMS estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa) e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos. A intenção da ONU com a "Década de ação para a segurança no trânsito" é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, 5 milhões de vidas até 2020.

O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito.

O problema é mais grave nos países de média e baixa renda. A OMS estima que 90% das mortes acontecem em países em desenvolvimento, entre os quais se inclui o Brasil. Ao mesmo tempo, esse grupo possui menos da metade dos veículos do planeta (48%), o que demonstra que é muito mais arriscado dirigir um veículo — especialmente uma motocicleta — nesses lugares.

As previsões da OMS indicam que a situação se agravará mais justamente nesses países, por conta do aumento da frota, da falta de planejamento e do baixo investimento na segurança das vias públicas. “Se permanecermos no passo atual, caminhamos para nos colocar entre os três países do mundo que mais matam pessoas no trânsito”, afirma o especialista de trânsito Eduardo Biavati.

  

As vendas de produtos brasileiros ao exterior superaram as importações em US$ 1,57 bilhão em julho.

O saldo é bem superior ao déficit de déficit de US$ 1,899 bilhão, registrado no mesmo período do ano passado, e resulta de um total de US$ 23,025 bilhões em exportações e US$ 21,450 bilhões em importações.

As comunicações foram divulgadas nesta sexta-feira (1º), pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). A média diária de exportações, que corresponde ao volume vendido por dia útil, ficou em US$ 1,001 bilhão, 10,7% maior que a registrada em julho de 2013. Ao mesmo tempo, a média diária das importações, caiu a US$ 932,6 milhões, 5,5% inferior à do ano passado, o que favoreceu o superávit.

Para o ministério, o avanço foi influenciado positivamente pelo crescimento das exportações de petróleo bruto, que cresceram 276% em relação a igual mês do ano passado e somaram US$ 2,6 bilhões no mês, além do registro de exportação de uma plataforma de petróleo, no valor de US$ 866 milhões.

A exportação de produtos básicos chegou a US$ 11,63 bilhões no mês passado, valor recorde para meses de julho. As vendas de manufaturados e os semimanufaturados somaram US$ 7,981 bilhões e US$ 2,834 bilhões, respectivamente.

Em relação a julho do ano passado, houve crescimento das exportações de produtos: semimanufaturados (+18%), básicos (+16,5%) e manufaturados (+0,6%).

Com o saldo positivo de junho, o déficit acumulado no ano pela balança comercial caiu de US$ 1,9 bilhão para US$ 916 milhões.

Produtos

Nos semimanufaturados, as vendas externas cresceram em razão de ferro e aço (148,2%), ferro fundido (45,7%), ferro-ligas (32%) e couros e peles (26,3%). No grupo dos básicos, cresceram os valores arrecadados com exportações de petróleo bruto (276%), café em grão (77,2%), carne bovina (23,2%), carne de frango (11,7%) e carne suína (10,6%).

No caso dos produtos industrializados, as vendas foram sustentadas por tubos de ferro fundido (140,2%), plataforma para extração de petróleo (127,7%), óxidos e hidróxidos de alumínio (111,8%), motores e geradores elétricos (37,5%), polímeros plásticos (35,5%), hidrocarbonetos (23,9%) e pneumáticos (3,5%).

Nas aquisições do Brasil no exterior, contribuíram para a queda nas exportações as compras de bens de capital (11,2%), bens de consumo (9,2%), combustíveis e lubrificantes (7,4%) e matérias-primas e intermediários (0,5%).


Prazo para os lixões venceu. Governo obriga localidades a ter aterros sanitários.

As localidades e municípios têm até o próximo sábado (2), para acabar com os lixões e passar a armazenar os resíduos sólidos em aterros sanitários. A Política Nacional de Resíduos Sólidos foi aprovada em 2010 e determina que todos os lixões do País deverão ser fechados.

Pela lei, o lixo terá que ser encaminhado para um aterro sanitário, forrado com manta impermeável, para evitar a contaminação do solo. O chorume deve ser tratado e o gás metano terá que ser queimado.

Quem não cumprir a legislação estará submetido às punições previstas na Lei de Crimes Ambientais, que prevê multa de R$ 5 mil a R$ 50 milhões. Mas mesmo faltando apenas um dia para o prazo final, até agora menos da metade dos municípios conta com destinação adequada do lixo. Dos 27 estados, apenas Maranhão, Rio de Janeiro e Pernambuco concluíram seus planos estaduais de resíduos sólidos.

O Brasil tem atualmente 2.202 municípios que contam com destinação adequada dos resíduos sólidos, o que representa 39,5% das localidades do País. Por outro lado, 60% do volume de resíduos já está com destinação adequada.

Você sabia que toda bagagem que entra no Brasil deve ser declarada?

Na chegada ao País, todo viajante maior de 16 anos de idade é obrigado a apresentar sua própria declaração de bagagem acompanhada (DBA), devidamente assinada, para a devida tributação, se for o caso.

Porém, é permitida a entrada sem pagamentos de tributos em bagagem acompanhada de livros, folhetos e periódicos, bens de uso ou consumo pessoal do viajante, bens nacionais ou nacionalizados que estejam retornando ao país e outros bens adquiridos no exterior, observando o limite de valor global, de US$ 500,00 (quinhentos dólares dos Estados Unidos), e do limite quantitativo.

Conheça as regras:

Como procedo em relação a bens que comprei no exterior?

Na chegada ao Brasil, todo viajante maior de 16 anos de idade é obrigado a apresentar sua própria declaração de bagagem acompanhada (DBA), devidamente assinada. Os formulários são fornecidos gratuitamente pelas empresas de transporte internacional de passageiros e nas repartições aduaneiras. As instruções de preenchimento constam no próprio formulário. Em caso de preenchimento incompleto ou inexato da DBA ou escolha indevida do canal “nada a declarar”, além da cobrança do imposto devido, será aplicada multa de 50% sobre o valor excedente ao limite de isenção, sem prejuízo de outras sanções, inclusive penais, quando for o caso.

O que eu posso trazer do exterior sem pagar tributos?

Em bagagem acompanhada, é permitida a entrada, sem pagamentos de tributos, de livros, folhetos e periódicos, bens de uso ou consumo pessoal do viajante, bens nacionais ou nacionalizados que, comprovadamente, estejam retornando ao país, e outros bens adquiridos no exterior, observando o limite de valor global e o limite quantitativo.

Quais são os bens de consumo pessoal?

São apenas os artigos de vestuário, higiene e demais bens de caráter manifestamente pessoal, de natureza e em quantidade compatíveis com as circunstâncias da viagem.

Exemplos: roupas, calçados, óculos, um relógio usado, uma máquina fotográfica usada, um telefone celular usado. Notebooks e filmadoras não são isentos.

Como eu posso comprovar que eu não comprei um bem no período de a viagem?

A comprovação de que um bem não foi adquirido no período de a viagem pode ser feita utilizando qualquer meio idôneo.

Exemplos: nota fiscal emitida por estabelecimento domiciliado no Brasil, apresentação de DBA, devidamente desembaraçada, contendo a descrição detalhada de bens adquiridos no exterior em outra viagem etc. A Receita Federal do Brasil não emite documentos para comprovação da saída ao exterior de bens constantes da bagagem do viajante.

Eu posso somar o meu limite de isenção tributária ao de outra pessoa que esteja comigo?

Não. O limite de isenção tributária é pessoal, intransferível e só pode ser utilizado uma vez a cada intervalo de um mês. Não é possível somar os limites de isenção de um casal, exemplificativamente, para trazer bens de valor superior ao limite individual, sem o pagamento de tributos.

Preciso declarar valores em dinheiro?

Na chegada ou saída do Brasil, o viajante que estiver portando valores em espécie (dinheiro) superiores a R$ 10.000,00 (dez mil reais) ou o equivalente em outra moeda deverá apresentar declaração de porte de valores (e-DPV), via internet, no site da Receita Federal. A fiscalização aduaneira verificará a exatidão da declaração e exigirá documentos específicos que comprovem a aquisição lícita dos valores.

E as compras que realizei no free shop?

Compras realizadas a bordo, em free shop, no exterior ou na saída do Brasil são consideradas bens adquiridos no exterior. Não são computadas no limite de isenção tributária de US$ 500,00 (quinhentos dólares dos Estados Unidos) compras no free shop de chegada ao Brasil.


Com o escopo de aumentar o acesso da população brasileira ao sistema de transporte aéreo brasileiro, foi criado o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (Pdar)

. A Medida Provisória 652 foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (28) e vai atender aeroportos regionais de pequeno ou médio porte.

O programa deve elevar o número de frequências das rotas regionais operadas regularmente e aumentar o número de localidades e rotas atendidas por transporte aéreo regular de passageiros. A ideia é facilitar o acesso a regiões com potencial turístico.

Segundo um estudo feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em 2012, o desenvolvimento da aviação regional representa um relevante fator para diminuição das desigualdades no Brasil, já que contribui com a inclusão econômica e social da população atendida e ajuda na integração de localidades remotas por meio aéreo.

A pesquisa apontou que um dos principais entraves da aviação regional é a dificuldade de diluir os custos entre o limitado número de passageiros, especialmente em locais com menor renda. Nessas localidades, a divisão dos gastos deixa os preços das passagens muito mais caro.

A MP autoriza a União a conceder subvenção econômica nos serviços oferecidos pelos aeroportos regionais, como o pagamento dos custos relativos às tarifas aeroportuárias e de navegação aérea em aeroportos regionais. A união poderá igualmente intervir no pagamento de parte dos custos de voos em rotas regionais e no pagamento dos custos correspondentes ao Adicional de Tarifa Aeroportuária.

As empresas interessadas em aderir ao programa deverão assinar contrato com a União, que conterá as cláusulas mínimas previstas no regulamento. Para a habilitação ao programa, será exigida dos interessados documentação relativa à regularidade jurídica e fiscal.

O pagamento da subvenção econômica será efetuado por meio de a utilização de recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil, alocados nos orçamentos da União, observada a dotação orçamentária destinada a essa finalidade.

Regulamentação

A regularização do programa será de responsabilidade do Poder Executivo, especialmente em relação às condições gerais para concessão da subvenção e aos critérios de alocação dos recursos colocados à disposição. O executivo ficará responsável ainda pelos critérios complementares de distribuição dos recursos e às condições operacionais para pagamento e controle da subvenção.


DEIXE SEU COMENTÁRIO, RECLAME, PERGUNTE:

Feed Widget

Com:socialmention|twingly|topsy|icerocket |tabelas|citybreakingnews|queryfeedrss|noticiasmg|noticiashoje


Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu em um dos sites parceiros da dafiti.com.br.
Este é um e-mail promocional, enviado pela empresa parceira, não pelo anunciante diretamente.
POLOS

OSMOZE
R$ 69,90

SOMMER
R$ 70,00
M. OFFICER
R$ 79,00
TNG
R$ 49,90
TNG
R$ 59,90
FIVEBLU
R$ 69,90
LEMOM GROVE
R$ 79,90
LOCAL
R$ 59,90
SAPATÊNIS
FIVEBLU
R$ 69,90
FIVEBLU
R$ 59,90
FIVEBLU
R$ 69,90
FIVEBLU
R$ 69,90
FIVEBLU
R$ 62,90
FIVEBLU
R$ 69,90
FIVEBLU
R$ 69,90
FIVEBLU
R$ 59,90
Redes Sociais
Siga-nos:
Pague em até 12x:
Cartão:Boleto

Segurança e Privacidade:

Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu em um dos sites parceiros da dafiti.com.br.
Este é um e-mail promocional, enviado pela empresa parceira, não pelo anunciante diretamente. No entanto, após requisitar o cancelamento, poderá levar até sete dias para processar a sua solicitação.

Caso não queira mais receber e-mails desse conteúdo, envie um e-mail para o endereço que enviou a mensagem, ou procure o link de descadastramento (opt out) do parceiro. Caso haja diferença de preço ou descrição do produto, serão válidas as condições apresentadas no site dafiti.com.br.

Contato:

Estamos sempre à disposição para falar com você. Para enviar suas dúvidas, sugestões ou comentários, contate-nos através dos nossos meios de comunição:

Telefone: (11) 3053 7500 | E-mail: atendimento@dafiti.com.br. Nosso horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8 às 20h, aos sábados das 9 às 18h e domingos e feriados das 10 às 16h.

Nosso endereço:

Rua Júlio Gonzalez, 132 - Barra Funda
CEP 01156-060 - São Paulo - SP - Brasil

Entrega Dafiti:

A Dafiti oferece serviços de qualidade, buscando parcerias com os melhores Transportadores. Pelo respeito que temos com nossos clientes, para manter a credibilidade e alcançar sempre a sua satisfação, criamos uma Política de Entrega Dafiti, que visa satisfazer ainda mais os nossos consumidores.

A entrega é grátis para todo o Brasil, mas você pode receber o seu pedido de forma mais rápida optando por nosso serviço de frete turbo. O valor do frete e o prazo de entrega serão informados na página de pagamento do pedido.

Confira o prazo de entrega para a sua cidade em nosso site.

Pagamento:

Aceitamos como forma de pagamento Cartões de Crédito Visa, Mastercard, Amex, Diners e Hipercard em até 12x sem juros e Boleto Bancário com pagamento à vista.

SAC e Televendas: (11) 3053-7500 ou entre em contato conosco através do nosso chat on-line.

Face Upward - Widget